11 de nov de 2008

LIVING DRAW + LIVING DRAW DANIELA LEHAMNN PERFORMANCE + LIVING DRAW KATERINA VALDIVIA BRUCH PERFORMANCE



É sempre tão complicado inserir videoart num trecho dedicado ao cinema, não porque se desloque da ideia de cinema em si, da arte por si, mas pelo nosso entendimento condicionado do que é um filme e grosso modo videoart escapa a todos os cânones estabelecidos (argumento, personagens, linearidade espaço-tempo). É no entanto cinema porque é captado em película ou formato digital e não o deixa de ser por acharmos que tal, tão simples como isto.

Comento 3 peças de um artista (João Bruno) que se filmou em processo de criação, completando também as performances de outras 2 artistas; este trabalho em progresso é bem servido com as faixas pintadas que cobrem todas as paredes e que passam a ideia de obra inacabada. Seria como filmar um sonho que tivéssemos tendo - inadvertidamente algo no processo escaparia incontrolável à nossa interpretação que quereríamos controlada, puro e verdadeiro mesmo sendo fabricada a envolvente.

visto no Festival Primeiras 1as! do MAL
1ª peça no Príncipe Real, por debaixo da copa do cedro
2ª peça na Alameda, escadaria da Fonte Luminosa
3ª peça em Alfama, Largo de Santo Estevão

Nenhum comentário: