5 de mar de 2008

Checkpoint Charlie and the Wall


A visita a Berlim foi o momento galvanizador para ler este livro que o meu pai me havia oferecido há alguns meses. É um livro com bastantes fotos, ainda que a preto e branco, e por isso muito elucidativo para quem possa pensar que isto do Muro de Berlim era apenas um muro. Para que não esqueçamos, aqui vos deixo alguns números:
- O muro de Berlim tinha 155Km - 107Km eram de pedra, os restantes de arame farpado
- De 1949 a 1961 (ano de construção do muro), 2.689.922 pessoas sairam da parte Oriental em direcção à Ocidental. Estes números representavam um fracasso da ideologia comunista. O muro nasce para impedir o prolongamento desta «fuga» de pessoas.
- A Alemanha Federal (nas mãos dos Aliados) começou a pagar pela liberdade dos presos políticos: entre 40.000 a 100.000 marcos. Por outro lado, quem entregasse aqueles que tentavam fugir para Oeste, podia receber bónus de 150 a 1000 marcos.
- Havia 1000 cães ao longo do muro presos a um cabo, podendo andar ao longo de 100 metros!
- As torres de vigia eram 655.
- Havia armas automáticas (SM-70), que disparavam a qualquer distúrbio ao longo do muro, e cuja existência a Alemanha Democática sempre recusou admitir. As armas foram desmontadas em 1984 graças ao pagamento de milhões de marcos pela Alemanha Federal.
- No início das tentativas de fuga, os guardas atiravam a matar e há registos (e fotos) de pessoas mortas no local. Apercebendo-se da má imagem que isso lhes trazia, as pessoas começaram a ser capturadas e levadas para... local incerto.
- Os relatos de fugas subterrâneas, aéreas, etc., são muitas vezes do mais criativo e surreal...

Ainda hoje Berlim vive esta divisão. O lado Oriental acusa o Ocidental de prepotência; o Ocidente acusa o Oriental de serem mal agradecidos por os terem salvo da repressão. Há discussões sobre construções de memoriais, por exemplo. Um dos memoriais gerou imensa polémica porque a empresa que poliu as pedras do dito foi a MESMA que forneceu o Zyklon B para as câmaras de gás!

4 comentários:

Ana disse...

E esta história ainda não acabou pois o ponto final, acho, nunca virá.
Aqui fica uma sugestão para um filme:
"A Vida dos Outros"
(Leben der Anderen, Das, 2006)
Direção: Florian Henckel von Donnersmarck
Roteiro: Florian Henckel von Donnersmarck
Gênero: Drama
Origem: Alemanha

Si disse...

Ana, há um ano e tal que ando para ver esse filme! Finalmente tenho-o em DVD, só ainda nao tive oportunidade para o ver!
Há outro filme alemao que gostei muito (a fotografia encantou-me!) que é "The Counterfeiters" ou "Fälscher, Die"(http://www.imdb.com/title/tt0813547/).

Si disse...

"Os Falsificadores" - é o título em portugues do filme que ontem referi aqui, "The Counterfeiters". Já está nas salas portuguesas - nao percam!!!

rafa disse...

xii, quase diarimente que me massacram para ver esse filme!! massacrar em boa lembrança, claro :)

tenho k ver, ciaoo bela!