19 de abr de 2008

REC

REC, filme de Jaume Balagueró que ganhou o Grande Prémio do Fantasporto deste ano é uma colecção de referências cinéfilas produzido na esteira da escola fantástica catalã, ou fantástica escola do fantástico catalão - começando por George Romero, viajando por Blair Witch Project e bebendo ainda muito da tradição nipónica dos filmes de terror.

O filme é soberbo, faz-nos acompanhar uma equipa de repórteres por BCN cobrindo um aquartelamento de bombeiros numa presumível saída rotineira que descamba para um insuspeito pesadelo.

O ritmo, a textura, as intencionais quebras e falhas e os grandes planos, apresentam-nos um quase Dogma 95 que, no entanto, não obedece aos cânones do género estabelecido na Escandinávia; contribuindo sim, para um constante clima de terror, de espera por uma presença oculta e maligna que pode inesperadamente surgir ao virar do nosso olhar canalizado pelo olho telemétrico da câmara.


Este filme é imprevisível dentro da sua automática previsibilidade e verosímil o bastante para nos arrebatar da cadeira em febre de salto, não nos mantendo o suficientemente confortáveis como espectadores da reportagem em ataque de zombies.

Merece nota máxima na minha escala de adrenalina! A ver de assombro esperado!

visto nos cinemas UCI, CS gathering
http://www.recmovie.co.uk/flash/#/rec/

4 comentários:

Brama disse...

Concordo plenamente com tudo o que aqui vem expresso. Fui ver esta sexta-feira e foi dos filmes do género que, sem dúvida, mais me satisfez ... excelente mesmo. Palmas para a extraordinária interpretação de Manuela Velasco.

Si disse...

A mim nao me apanham a ver este tipo de filmes... Terror nao é comigo.
No " Sexto Sentido" e também no "Swenny Todd" tive de tapar os olhos várias vezes! E esses, calculo eu, nao sao nada, comparados com os verdadeiros Terrores :)

disse...

Estou contigo, Si! Mas por isso é que somos vários a blogar, para que «caiba» cá de tudo!

disse...

Posto isto, decidi aceder a insistências do ZM para ver este filme. Assim que a velha pôs os dentes no pescoço do polícia disse: «-Não consigo ver isto!!! Podes vê-lo tu que não consigo mais!» Tinham passado 5 minutos do início do filme...