8 de jun de 2008

MY BLUEBERRY NIGHTS

My Blueberry Nights é um belíssimo filme de desencontros e encontros, de pessoas que se aproximam e que se afastam, de desilusões, de ilusões, de desânimo e ânimo, tristeza e alegria em interrompida sucessão - é a face do amor e do ser humano como ser frágil e em constante irregularidade.

Este 'O Sabor do Amor' - título de promoção para Portugal - é não um 'Como Água para Chocolate' mas mais um 'Disponível para Amar' (também de Wong Kar Wai), a belíssima fotografia e as ideias felizes que percorrem a tela ilustram a evolução de seres necessitados de quem lhes queira, em eterna colisão de paixões - o afastamento entre as personagens centrais surge a meio do filme mas o final é feliz.

Agrada-me sobretudo a parte inicial em que somos conduzidos pelo exterior do café de Jeremy, acompanhando como Lizzie conquista um pouco mais e aos poucos o sabor pela vida enquanto saboreia uma blueberry pie. Cat Power surge linda - como sempre aliás - no papel de Katya e Norah Jones está mais que perfeita no seu papel de uma simples mulher simples e perdida.

As interpretações fecham com uns quantos actores que aprecio: Jude Law (doce doce), Rachel Weisz (uma mulher do sul), David Strathairn (surpreendente) e, principalmente, Natalie Portman. A banda sonora fecha este filme em qualidade suprema: Norah Jones, Cat Power e Ry Cooder. Retirei o amargo da boca por bastante tempo com esta obra poética!

2 comentários:

Si disse...

Este filme está na minha lista de filmes a ver!
Estou super curiosa!
E aconselhas assisti-lo a comer "blueberry pie"? :)
bjnhs

disse...

Hmmmm.... Parece mesmo apetitoso de ver....