8 de out de 2008

Objecto quase

Objecto Quase é um livro de contos de José Saramago, editado pela primeira vez em 1978.
Dos 6 contos, o que mais me deixou agarrada ao livro foram Embargo e Coisas. Também gostei do conto Centauro, mas os outros têm uma escrita que é o que me fascina no Saramago: algo que acontece sem lógica (aparente), e que nos agarra às palavras enquanto não descobrimos o porquê de tal acontecer! É fantástico mesmo!

Acrescento uma passagem do conto Coisas que achei cómica pelo facto de ser surreal:
"Tempo houve em que o processo de fabrico tinha atingido um tal grau de perfeição, que os defeitos vieram a tornar-se raríssimos, a ponto de o governo compreender que não era conveniente retirar aos cidadãos utentes o gosto cívico e o prazer da reclamação."

Um comentário:

Ricardo Lopes Moura disse...

Caramba, o Objecto Quase tem 6 contos?

já o li há uns bons 20 anos, mas podia jurar que, à época, tinha apenas 4 histórias ...

lembro-me de ter gostado de duas delas e as outras duas me terem passado ao lado.

assim de repente só me lembro da história do homem que não conseguia sair do carro, mas havia outra, se não estou em erro passada no tempo de cristo, que também gostei. mas 20 anos é muito tempo ...

foi na mesma altura em que li o levantado do chão, uma obra-prima.